Vincenzo Nibali: "Egan Bernal me lembra Contador"

Vincenzo Nibali está pronto para enfrentar sua 17ª temporada como profissional, a segunda na Trek-Segafredo. O italiano, fora de casa, falou dos seus principais objetivos para a próxima campanha e também dos rivais, como o colombiano Egan Bernal.

Vincenzo Nibali: "Egan Bernal me lembra Contador"

Por  @FXavierVidela

“O Giro do ano passado teve diferentes facetas. Talvez neste 2021 veremos a mesma linha ou algo diferente. Mas ele sempre tem algo interessante, principalmente na semana passada ” , comentou o líder da equipe americana, sobre o rumo da primeira grande rodada da temporada, que ainda não foi revelado. “É importante para nós, assim como para os nossos patrocinadores, termos grande visibilidade no Giro”, acrescentou.

Aos 36 anos, Nibali já pensa em se aposentar. “Eu não me dei um prazo definido. Comecei a pensar nisso, mas não tenho par. As coisas também podem variar com base nos resultados e motivações. Mas é uma decisão que quero tomar com confiança. Pode ser um momento de arrependimento, mas também pode corresponder a um momento positivo de notícias na minha vida ” , continuou 'Tiburon' de Messina, vencedor de quatro Grand Tours.

Ele também se referiu a jovens promissores. No caso do Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick Step), “ele mostrou muitas coisas, mas infelizmente o acidente na Lombardia causou-lhe muitos problemas. Vi que ele trabalhou muito e estará pronto para a nova temporada . Sobre o campeão do Tour de France, Tadej Pogacar (Emirates Emirates), ele mencionou que “corri menos com ele”.

Por fim, Nibali também dirigiu palavras ao colombiano Egan Bernal (INEOS Grenadiers). “Eu vi o Bernal crescer muito. 2020 não foi uma época de sorte para ele, mas acho que ele será capaz de se redimir. É o que mais gosto, também me lembra o Contador em alguns aspectos ” , declarou o italiano voltomaníaco.